PSICOWEB

As TED são breves conferências de cerca de 20 minutos onde se partilham novas ideias e onde se inspiram outras. Em pouco tempo e com um discurso apelativo, vários especialistas de diferentes áreas, explicam conceitos, partilham teorias e experiências, promovendo assim a auto-reflexão.

De seguida encontram uma lista de vídeos das conferências TED cujo tema se centra em questões relacionadas com a psicologia, psiquiatria e doença mental:

Brené Brown: O poder das vulnerabilidades.

Brené Brown estuda as relações humanas – a nossa capacidade de criar empatia, de pertencer, de amar. Numa comovente e divertida palestra no TEDxHouston, Brené Brown partilha uma visão profunda da sua investigação, que a fez mergulhar numa busca interior para se conhecer totalmente e também para compreender a Humanidade. Uma palestra para partilhar.

Amy Cuddy: A tua linguagem corporal faz de ti quem és

Já há alguns anos que existem muitos cientistas a fazer pesquisa sobre a forma como os outros percebem a nossa linguagem corporal, bem como a importância de enviar a mensagem certa. No entanto, Amy Cuddy investiga como somos influenciados pela nossa própria linguagem corporal e como podemos mudar a nossa vida simplesmente com a forma como nos expressamos fisicamente.

Kelly McGonigal: Como fazer do "stress" um aliado

“Stress”. Faz o nosso coração bater depressa, a nossa respiração acelerar e a nossa testa transpirar. Mas, enquanto o “stress” tem sido visto como um inimigo da saúde pública, as novas investigações sugerem que o “stress” só pode ser mau  se acreditarmos que assim é. A psicóloga Kelly McGonigal incita-nos a ver o “stress” como algo positivo, e introduz-nos a um mecanismo pouco conhecido para reduzir o “stress”: aproximarmo-nos de outras pessoas.

Dan Gilbert: A surpreendente ciência da felicidade

Dan Gilbert, autor de “Stumbling on Happiness” (Tropeçando na Felicidade) põe em causa a ideia de que seremos infelizes se não alcançarmos o que queremos. O nosso “sistema imunitário psicológico” permite que nos sintamos realmente felizes mesmo quando as coisas não correm conforme planeado.

Elyn Saks: Uma história da doença mental -- do lado de dentro

“Tudo bem se eu destruir o seu consultório completamente?” Foi a pergunta que Elyn Saks fez ao seu médico, e não era uma brincadeira. Uma estudiosa das leis, em 2007, Saks revelou a sua própria história de esquizofrenia, controlada por medicamentos e terapia, mas sempre presente. Nesta intensa palestra, ela pede-nos para ver as pessoas com doença mental com clareza, honestidade e compaixão.

Robert Waldinger: O que nos mantém felizes e saudáveis ao longo da vida?

O que nos mantém felizes e saudáveis à medida que a nossa vida decorre? Se pensam que é a fama e o dinheiro, não estão sozinhos! Porém, segundo o psiquiatra Robert Waldinger, estão enganados. Enquanto diretor de um estudo levado a cabo há 75 anos sobre o desenvolvimento adulto, Waldinger tem acesso a dados sobre a verdadeira felicidade e satisfação. Nesta palestra, descreve três importantes lições aprendidas com esse estudo, assim como a sabedoria prática, sobre como construir uma vida longa e preenchida.

Daniel Goleman: FOCO: O segredo para um alto desempenho e para a realização

O psicólogo Daniel Goleman autor do conceito de ‘Inteligência Emocional’, defende a premissa de que o coeficiente de inteligência por si só, não é um preditor certo de sucesso na vida. Um papel maior é desempenhado por outras competências, como o autocontrole, a automotivação, a empatia e o estabelecimento de relações interpessoais. Nesta palestra exclusiva para Intelligence Squared, Goleman discute os temas de seu último livro, “Focus: The Hidden Driver of Excellence”. A partir de resultados das neurociências, Goleman mostra que o ser humano precisa de três tipos de foco: foco no interior (para a autoconsciência); foco no outro (para a empatia que leva à construção de relações interpessoais) e foco no exterior (para a compreensão dos sistemas maiores em as organizações se inserem).

Daniel Goleman: Inteligência Social

Nesta palestra, Daniel Goleman fala da forma como a interação social é capaz de moldar tanto o nosso comportamento como o funcionamento do nosso organismo, apresentando assim o conceito de Inteligência Social. Ao mostrar o poder da interação social na influência do humor e da química cerebral, o autor examina o quanto uma ofensa ou uma experiência social desagradável podem ser prejudiciais, e revela os efeitos positivos de substâncias neuroquímicas que são libertadas em situações que envolvem amor e cuidado. Goleman mostra ainda que as nossas mentes estão conectadas por valores como altruísmo, compaixão, preocupação e compreensão.

Scott Geller: A psicologia da auto-motivação

Nesta TED, Scott Geller, aborda a importância do ser humano “ir além dos seus limites” podendo a palavra “limites” significar restrições ou regras que os nossos pais, professores ou outros líderes nos incutiram em pequenos. Apesar da importância de termos alguém a orientar-nos, este autor, acredita que devemos ir além dessas restrições e fazermos o que queremos em relação à nossa vida sem que isso seja resultado de motivações externas.
Neste contexto a auto motivação é essencial. Mas como inspirar a auto motivação em nós e nos outros? Através do sentimento de empowerment, isto é, o sentimento de que se é capaz, de que vai resultar e de que vale a pena.
Esta TED é em si uma inspiração à auto motivação.

Barry Schwartz: O paradoxo da escolha

Nesta TED, o psicólogo Barry Schwartz analisa um princípio central das sociedades ocidentais: liberdade de escolha. Na opinião de Schwartz, a escolha não nos tornou mais livres nem mais felizes, mas sim mais paralisados e mais insatisfeitos.
Segundo este autor, o poder de escolha – marca distintiva da liberdade individual e da autodeterminação que apreciamos – é atualmente prejudicial ao nosso bem-estar psicológico e emocional.
Barry Schwartz, baseado em pesquisas atuais na área das ciências sociais, coloca a hipótese de que a eliminação de escolhas pode reduzir muito o stress e a ansiedade nas nossas vidas.

Veja esta palestra e compreenda porquê!
Esta TED é em si uma inspiração à auto motivação.

Randy Pausch: Gestão do tempo

Nesta TED, o Prof. Randy Pausch fala sobre gestão do tempo. Este autor considera que as nossas competências de organização do tempo precisam ser melhoras, nomeadamente através do estabelecimento de objetivos, prioridades e da planificação. Ao longo da conferência o Prof. oferece um conjunto de estratégias e ferramentas que podemos usar para melhor organizar o nosso tempo e assim diminuir o stress associado ao ritmo de vida agitado que levamos.
Os slides desta palestra e versão para download de alta resolução podem ser encontrados em: http://www.cs.virginia.edu/~robins/Randy/

Oliver Sacks: O que é que as alucinações revelam sobre a nossa mente?

Nesta palestra, o neurologista Oliver Sacks aborda as alucinações visuais, mais especificamente um tipo de alucinações visuais que surgem com a deterioração da visão ou a cegueira. Estas alucinações foram descritas pela primeira vez no século XVIII por Charles Bonnet. Oliver Sacks explica as causas destas alucinações bem como os processos neurológicos envolvidos, exemplificando com vários casos práticos que acompanhou. Salienta ainda que estas alucinações não fazem parte de um quadro psicótico e que as pessoas não devem ter medo de falar sobre elas e procurar ajuda.

António Damásio: A busca pela compreensão da consciência.

Nesta conferência, o neurocirurgião António Damásio parte das perguntas “O que é a consciência? O que é uma mente consciente?”, explicando como é que o nosso cérebro constrói o sentido do eu. Damásio considera que estas questões são primordiais para o tratamento eficaz das perturbações que mais afectam a humanidade, tais como, a depressão, a dependência de substâncias e a doença de alzheimer.

Brian Little: Quem és realmente? O puzzle da personalidade.

Nesta TED surge a pergunta: O que o torna você mesmo? Segundo Brian Little, os psicólogos gostam de falar sobre traços de personalidade, ou caraterísticas específicas que nos definem. Porém, Little está mais interessado em momentos em que transcendemos esses traços – às vezes porque a nossa cultura o exige, e às vezes porque o exigimos a nós mesmos. Nesta TED, Little disseca as surpreendentes diferenças entre introvertidos e extrovertidos e explica que a personalidade pode ser mais maleável do que pensamos.

O QUE TEMOS PARA SI

01

Psicotestes

Autoavaliação!

02

Perturbações

Informações

03

Recursos

Ideias e dicas!

04

Publicações

Artigos e mais